Mulher jovem, dando risada

Sobre a
pele
sensível.

Toda pele pode ser sensível.

Na Simple®, a coisa mais importante que aprendemos ao estudar a pele nestes últimos 50 anos foi que não existe um tipo de pele "sensível" – toda pele pode ser sensível. É assim que a pele funciona. Ela tem milhões de receptores que reagem a alterações no nosso corpo e ambiente, nos informando quando as coisas estão bem (e quando não estão). São essas reações que podem causam a sensibilidade da pele.

Mulher jovem, com olhos fechados e mãos levemente pousadas em suas bochechas

Conheça a sua pele sensível

Nossa pele tem uma proteção natural (conhecida também como estrato córneo), que mantém os agentes irritantes do lado de fora, enquanto retém as coisas boas, como a hidratação do lado de dentro. No entanto, o problema é que a pele fica exposta diariamente a elementos que podem deixá-la ressecada e fragilizada. O pH natural da pele (5,5 – o que é levemente ácido) também  ajuda a manter essa proteção. Embora a pele seja capaz de lidar com alterações pequenas e temporárias no pH de sua superfície, alterações grandes ou regulares a enfraquecem. Assim, é importante levar em conta o pH natural da sua pele, para prevenir sensibilidades.

Quais são os sintomas de sensibilidade da pele?

Você já notou áreas levemente avermelhadas ou ressecadas em sua pele? Sua pele apresenta sensação de coceira, estiramento ou ardor? Todos podem ser sinais de sensibilidade. Esse é um termo genérico, cada pessoa pode apresentar uma forma diferente de sensibilidade. Nenhuma pele é igual à outra, o que significa que cada pessoa precisa de um cuidado diferente. Algumas pessoas dizem que a sensibilidade de sua pele varia diariamente, reagindo a praticamente qualquer coisa. Por outro lado, algumas pessoas dizem que sua pele é seca e delicada o tempo todo. A pele pode ser sensível em diferentes maneiras, mas às vezes as causas são as mesmas.

O que causa a sensibilidade da pele?

As terminações nervosas que ficam imediatamente abaixo da proteção da pele detectam tudo o que entra em contato com ela, o tempo inteiro. As terminações que detectam agentes ambientais irritantes geralmente não fazem nada – a menos que a proteção da pele esteja enfraquecida, permitindo a entrada desses agentes. Todas as células da pele estão programadas para reagir quando encontram algo errado. Essas reações causam a sensibilidade.

 

Lembre-se: os fatores externos não são os únicos culpados pela pele sensível. Se algo incomum acontecer dentro do seu corpo, isso pode causar uma reação na pele e aumentar a sensibilidade. Reconhecer esses gatilhos e aprender como preveni-los pode ajudar bastante na redução da sensibilidade, deixando sua pele mais bonita e saudável.

Conheça os gatilhos
da pele sensível e
aprenda a combatê-los.

Descubra mais

Gatilhos internos.

Sua genética, hormônios e nível de estresse atuam em conjunto na sensibilidade da pele. Embora seja difícil controlar vários desses fatores e o acompanhamento médico seja importante, você também pode ajustar a sua alimentação e estilo de vida. Pequenas modificações nessas duas áreas podem trazer grandes benefícios e acalmar a pele sensível.

Gatilhos externos.

O ambiente ao seu redor tem uma influência importante na sua pele. A qualidade do ar, o uso de produtos com ingredientes agressivos, a poluição e o clima podem afetar a pele irritada e sensível. Embora você não possa modificar o clima, você pode adotar medidas para proteger sua pele.